Ver essa foto no Instagram

Essa é uma queixa muito comum em Prontos Socorros pediátricos e aumentam ainda mais em períodos de férias escolares (pensa agora nessa quarentena!). . Crianças, principalmente as menores de 3 anos, costumam colocar tudo o que vêem na boca! Isso faz parte do desenvolvimento delas, é a forma que elas encontram para explorar o mundo nessa idade! . Mas não é incomum crianças mais velhas que engoliram “coisas estranhas” também!! . A prevenção é sempre o melhor remédio!! - evite deixar crianças sem supervisão (sabemos que basta um piscar de olhos e elas aprontam alguma coisa!) - coloque travas de segurança em portas e gavetas de armários - não deixe partes pequenas ao alcance de crianças (grampos, moedas, parafusos, brinquedos desmontáveis, pilhas, baterias, anéis, brincos, pingentes, etc) . Lembre-se sempre que crianças são curiosas, dificultar o acesso é a melhor forma de prevenção! . Ainda ficou com alguma dúvida? Comente aqui ou mande uma mensagem!! . #acidentes #prevenção #emergência #pediatria #crianças #ferias #quarentena #pediatrasdigitais #pediatra #prontosocorro #acidentes #acidentesnainfancia #maesdeprimeiraviagem #criançaspequenas #duvidademae

Uma publicação compartilhada por Dra Giovanna A. Miranda (@tudodeped) em